Pastor Werner Seitz e família são os novos missionários na Tribo Xerentes

Amigos de Missões

Com a chamada adoração ministrada através de um lindo solo de Violoncelo pelo irmão Natanael de Souza, com acompanhamento do piano tocado pela Ministra de música Angelica Miranda, o culto da primeira igreja Batista de Campo Grande teve seu início na manhã de domingo do dia 13 de março de 2016. Com a bandeira brasileira a frente, segurada pelo embaixador Pedro Barbosa, o pastor Carlos Elias orou pela nação brasileira.

Logo após a equipe de louvor adorou ao Senhor com o hino 177 HHC. Em seguida as esposas dos pastores presentes foram convocadas para estarem a frente e receberem das mãos da Diaconisa Nelzi Camargo uma pequena lembrança pelo Dia das Esposas de Pastores.

Com leitura de 1Ts1.2-4 o diacono Saulo agradeceu a Deus pelo aniversário do nosso pastor Ricardo Ramos que recebeu uma lembrança pelas mãos da diaconisa Andréa Cezar.

Ainda em momento de gratidão, o pastor Carlos Elias convocou a todos aniversariantes para estarem a frente para agradecerem por mais um ano de vida e convivência conjugal.

O pastor Valdir Soares, Gerente Nacional de evangelização dos povos indígenas da Junta de Missões Nacionais, deu o seu testemunho da cura de um câncer que assolava sua vida. O mesmo foi totalmente curado e foi prova viva do poder de Deus no hospital onde ele foi atendido.

Com a leitura do tema e divisa da Campanha de Missões Mundiais, a irmã Vivian orou ao Senhor por nossa capacitação em anunciar o Evangelho e pelos missionários que estão no campo.

As crianças dos Amigos de Missões, vestidas de roupas típicas de vários países, apresentaram um jogral e cantaram o hino oficial da Campanha Infantil de Missões Mundiais Leve Esperança a Todos (Mônica Coropos). Um momento descontraído e de beleza única. Logo após, toda a igreja também adorou com o mesmo hino. Em seguida as crianças desceram para o culto infantil.

A irmã Vilma Pedro, junto com os pais, familiares e pastores presentes, apresentou ao Senhor os bebês recém-nascidos.

No momento de Dedicação de Vidas e Bens, toda oferta do Real Missionário foi totalmente destinada aos desabrigados por causa da chuva na cidade de Itapevi/SP que foram acolhidos pela Igreja Batista local. O diácono Saulo orou a Deus pelos recursos que irão atender os desabrigados e pelo destino da oferta missionária.

Após ser apresentado pelo pastor Carlos Elias, o mensageiro desta manhã, pastor Werner Seitz missionário da Junta de Missões Nacionais, como os mais novos participantes do projeto Xerente, acompanhado de sua esposa Regiane e seus filhos Davi e Elisa, adoraram a Deus com um cântico na língua nativa.

O pastor Werner, através de alguns slides, fez um breve resumo do seu chamado missionário, treinamento teológico, treinamento linguístico para tradução da Bíblia para os indígenas brasileiros e sua chegada ao projeto Xerente.

O tema da mensagem foi: A Palavra, conforme está em Salmos 19.1-6. “A natureza prega e mostra a Deus e podemos conhecer o Senhor pela criação conforme está em Romanos 1.20.” Destacou o pastor Werner.

Nos versículos de 7 a 10 vemos que a Lei de Deus é perfeita e restaura a alma, o testemunho do Senhor é fiel e dá sabedoria aos simples, os preceitos do senhor são retos e alegram o coração, os mandamentos do Senhor são puros e iluminam os olhos, o temor do Senhor é limpido e permanece para sempre, os juízos do Senhor são verdadeiros e internamente justos.

Podemos nos conhecer a nós mesmos através da Palavra, conforme está nos versos de 11 a 14. Fica a pergunta: Que tipo de palavras e que tipo de pensamentos agradam a Deus?

Após a mensagem, o pastor Valdir Soares explicou parte do projeto Xerente e o pastor Carlos Elias convocou a todos os que estão dispostos a serem intercessores e assim passarem a orar pela família de missionários e pelo projeto Xerente. Muito foram à frente aceitando o convite e, juntos com a equipe de louvor, adoraram a Deus com o hino Está Escrito. Com uma oração especial por um novo tempo entre os Xerentes, o pastor Carlos Elias e toda Igreja de mãos estendidas, oraram consagrando e abençoando o pastor Werner e sua família. Com a bênção apostólica o culto se encerrou.

Texto: Diácono Newton Cezar.

Compartilhe: