Homenagem 30 anos Ministério Pr. Guenther Krieger

O casal de missionários com mais tempo de adoção ininterrupta de Missões Nacionais do Brasil, o pastor Guenther Carlos Krieger e a sua esposa, Wanda Krieger, foram homenageados no último domingo (25) na Primeira Igreja Batista de Campo Grande (PIBCGRJ). Os cultos matutino e noturno deram palavra ao casal, que, com bom humor e brilho nos olhos por missões, por 30 anos são adotados pela PIBCGRJ e por 57 anos são atuantes entre os índios Xerentes, no estado do Tocantins.

O casal é vanguardista quando o assunto é índios Xerentes. Quando os missionários chegaram à região, os Xerentes contabilizavam cerca de quatrocentos e cinquenta pessoas. Elas estavam sendo dizimadas por uma série de enfermidades, resultado do contato com o homem branco para as quais não tinham nem anticorpos, nem remédios. No entanto, os Krieger vestiram a camisa do evangelho e se investiram de abençoar o povo Xerente. Por isso, entre os diversos trabalhos de tradução, estão as cartilhas de saúde.

Hoje, com o trabalho árduo do pastor Guenther e Wanda, os índios dessa etnia estão muito mais capacitados. Esse avanço é fruto da sistematização da língua nativa com o conhecimento de linguística, auxiliado por um de seus filhos que hoje mora no exterior, e uma boa compreensão das promessas do Evangelho. O casal codificou a língua Xerente para a escrita e organizou o dicionário da língua português-Xerente. Entre os trabalhos publicados por eles constam: Primeira Cartilha Xerente (1960), Primeiro Hinário Xerente (1961), Coletânea de Textos do Novo Testamento (1990) e Dicionário Escolar Xerente/Português – Português/Xerente (1994).

Pastor Fernando Brandão ministrou a palavra no culto noturno

O culto noturno também contou com a participação do diretor executivo da Junta de Missões Nacionais, o pastor Fernando Brandão. A ministração da Palavra foi direcionada àqueles que têm o chamado de Deus, mas têm resistido. “Quem dera existissem mais Krieger em nossa nação”, declarou o pastor, que sublinhando a notoriedade do trabalho missionário desenvolvido pelo casal.

A parceria da PIBCGJ com o pastor Guenther e a irmã Wanda começou oficialmente em 18 de maio de 1986. “Hoje rendemos graças ao bom Deus por tão abençoado ministério e por tamanha dedicação ao Reino de Deus”, celebrou o pastor Carlos Elias Santos, titular da PIBCG.

Texto: Victor França (com informações da JMN)

Compartilhe: