A missionária Vládia Maria Silva Soares tem se mostrado uma das incansáveis mulheres que fazem a diferença na obra evangelística que a Junta de Missões Mundiais promove.  Ela anunciou o Evangelho na cidade de Itauguá, no Paraguai em uma ação evangelística durante uma peregrinação ao santuário de Nossa Senhora de Caacupé.  Aquele evento reunia dezenas de milhares de católicos. Mostrando como uma mulher de Deus tem o coração na obra, Vládia ficou até as 3 horas da madrugada distribuindo folhetos evangelísticos e a mensagem de salvação aos romeiros que caminhavam em direção à cidade de Caacupé.  Ela conta que “Algumas recebiam o folheto e seguiam lendo, e outras não faziam caso, pois não podiam parar sua caminhada”. Mesmo assim, nossa missionária louva a Deus porque pessoas foram tocadas naquele dia com a mensagem bíblica e reconheceram que sua peregrinação não as levaria para o caminho da salvação em Jesus.

Hoje, em novo campo, a Nicarágua, a missionária Vládia Soares, ao lado de Maria Rejane do Nascimento, tem desenvolvido ações para apoiar o trabalho evangélico local, como as igrejas da convenção batista e o seminário teológico, e também no evangelismo através da evangelização de mulheres no grupo de estudo bíblico e também no suporte ao PEPE (um programa socioeducativo promovido por Missões Mundiais).

O grupo feminino tem se reunido na casa de uma irmã da igreja que as missionárias estão frequentando.  Juntas, elas estudam a Bíblia e têm a oportunidade de evangelizar algumas mulheres e fortalecer a fé de outras através do conhecimento da Palavra de Deus.

Vládia demonstra seu coração na obra, pedindo sua ajuda em oração pela conversão de mulheres que participam dos estudos com elas, e ainda não tiveram uma experiência de salvação.

Sempre na parceria de Maria Rejane, Vládia atua em outra frente de atuação das missionárias oferecendo apoio ao PEPE. Com a coordenadora do programa socioeducativo no país centro-americano, Lizeth de Trinidad, ela e sua parceira de missões visitaram duas unidades, onde contaram uma história sobre o amor de Deus, ensinaram canções e participaram de dinâmicas com os treze participantes.

“Na capacitação anual dos missionários-educadores, tivemos a oportunidade de enfatizar a importância do ensino e evangelização das famílias”, conta Vládia. “Iniciamos com um devocional e depois tivemos palestras, manualidades, almoço e entrega de materiais educacionais enviados pela JMM”, acrescenta.

Sua oração mantém mulheres como Vládia em ação em outro país, e as motiva a alcançar o mundo para Jesus.  Não deixe de fazer sua parte.

Compartilhe: