A zona oeste do Rio de Janeiro viu surgir um casal com coração de missionários durante os projetos da Operação Redenção – iniciativa missionária urbana da Juventude Batista Carioca nas décadas de 1970 e 80.  Ida Helena Andrade Mazoni era a moça que viria no futuro a ser missionária adotada pela Primeira Igreja Batista de Campo Grande .  Junto com o seminarista paulista Joed Venturini de Souza, que logo viria a ser seu esposo, essa Iberista comprometida com Deus mostrou que uma mineira de Ouro Preto ouviria o chamado do Senhor para trabalhar em países da África, como Guiné-Bissau a partir do ano de 1995, tendo o casal trabalho quatro anos em Portugal antes dessa mudança.

Por um tempo, o casal ainda procurou a experiência de ministrar o Departamento de Evangelismo e Missões da Primeira Igreja Batista de Campo Grande, mas a fidelidade ao Senhor sempre foi clara para ambos.  Hoje, de volta ao campo, Ida Helena, que ainda tem formação pela Escola Nacional de Música, desenvolve junto com o esposo Pr. Joed, um projeto que inclui igreja, clínica, hospital e escola em Portugal. A escola, sob direção dela, possui mais de 300 alunos.

Continue confiando às mãos do Senhor as vidas dessa nossa valiosa missionária e de sua família no cumprimento do que lhes foi confiado pelo Senhor da seara.

Compartilhe: