Crescendo em amor para crescer em frutos de justiças

No dia 17 de julho, o terceiro domingo do mês de Ação Social, teve início com o recitativo bíblico de Salmos 95.1 e 2: “Venham! Cantemos ao Senhor com alegria! Aclamemos a Rocha da nossa salvação. Vamos à presença dele com ações de graças; vamos aclamá-lo com cânticos de louvor”. A chamada a adoração foi conduzida pela ministra de música, Angélica Miranda, juntamente com a Equipe de louvor. Os hinos escolhidos para este momento foram: “Vinde, Cristãos Cantai” (235 hcc – bateman/carr), “Deus é bom” (Hughes) e “Confia”.

O momento de intercessão foi liderado pelo pastor Carlos Elias, que fez um convite aos presentes para entregarem o seu caminho ao Senhor. Após, foi apresentado o Informativo da PIBCG, com as chamadas dos principais eventos (cultos e atividades) que acontecerão no decorrer da semana. O culto contou também com a participação especial do Coro do Homens da Igreja, que na ocasião, louvaram a Deus com as músicas: “Mais perto quero estar” e “Jesus vai voltar”.

O Pastor da Juventude, Marcos Ramos relembrou aos presentes o tema do mês: “Crescer em amor para crescer em frutos de justiça” – versículo base em Filipenses 1: 9-11. Ele aproveitou o momento para apresentar um vídeo impactante sobre Ação social, que reafirmava que quando ajudamos aos pobres e ao nosso próximo, estamos fazendo-o diretamente para Jesus. “Que a gente saia da religiosidade e entre na verdadeira ação, entre na vida e na dor do seu irmão. Viva guiado pelo Senhor!”, ressalta. A entrega dos dízimos e ofertas foi feita ao som da música “Eu tenho um chamado” (Salles).

A mensagem da noite foi entregue pelo Pastor de Ação Social, Ricardo Ramos. Usando como tema: “Quatro maneiras que Deus te ama e que você deve amar os outros”, ele mencionou a necessidade de amar os outros e cuidá-los. “Que ao terminar esse mês a gente esteja de fato, capacitado a praticar o amor de Cristo, que é o nosso modelo perfeito. Tê-lo como modelo não é uma opção, é um mandamento!”, alertou.

1) Jesus te ama de maneira incondicional e por isso, você deve aceitar os outros como eles são: “Temos uma cultura de amor condicional, esse amor que aprendemos. Mas Deus não nos ama assim, pois ele não pode ir contra o seu caráter. Ele quer que você faça o mesmo pelos outros. Lembre-se, aceitar e é diferente de aprovar. Você pode aceitar alguém sem aprovar a vida dele”.

2) Você tem muito valor para Jesus, então valorize as pessoas como Ele te valoriza: “Uma coisa adquire valor quando sabemos quem a criou. Quem te fez foi Deus, você é obra prima que Ele assina. O seu preço está revelado na cruz. Todos têm o seu valor, por isso honrai a todos. (1 Pedro 2.17)”.

3) Jesus te perdoou completamente, então você deve perdoar os outros (Romanos 8.1): “Somos muito tolerantes com nossos pecados mas não com os dos outros”.

4) Jesus acredita em você, então acredite nos outros: “O Amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta” (1 Coríntios. 13.7).

Para encerrar, o Pastor titular da Igreja, Carlos Elias orou e fez o apelo com a música “Deus me ama” (Thales Roberto). O poslúdio foi feito pelo coral dos homens, com a música Jesus vai voltar.

Texto:Aline Ferreira

Compartilhe: