Embaixadores do Rei

CONHECENDO A ORGANIZAÇÃO

EMBAIXADORES DO REI

 

I. DEFINIÇÃO:

O que é a Organização Embaixadores do Rei?

Embaixadores do Rei é uma organização batista cujas atividades visam o desenvolvimento físico, moral e espiritual dos meninos de 9 a 16 anos. É uma organização missionária que procura conduzir os seus membros na participação ativa de Missões. Seu programa abrange: Missões, Mordomia, Evangelização, Recreação e Acampamentos.

II. HISTÓRICO:

1. Como surgiu a Organização ER?

O alicerce da Organização Embaixadores do Rei está em missões, pois em 1883, um grupo de meninos de 12 a 14 anos começou a se reunir em Owensboro, Kentucky, EUA. Eles se encontravam regurlamente com seu pastor para estudar missões e coletar dinheiro para sustentar uma jovem que estudava missões na escola da missionária Lottie Moon em Tengchow, na China.

2. Por que o nome Embaixadores do Rei?

Em outubro de 1907, Fannie Heck foi escolhida como presidente da “Comissão para o Trabalho Missionário para Meninos” da Sociedade Feminina Missionária da Convenção Batista do Sul dos EUA. Certa vez ela e Elisabeth Briggs, assistiram a uma conferência missionária para jovens em Asheville (Carolina do Norte) onde ouviram o hino “The King’s Business” (Mensagem Real – 207 CC), que falava sobre embaixadores cristãos. Foi então que a senhorita Briggs sugeriu o nome Embaixadores e Fannie acrescentou o “do Rei“, fazendo nascer deste encontro o nome “Embaixadores do Rei“.

Em maio de 1908, a União Feminina Missionária da Convenção Batista do Sul dos EUA adotou a recomendação daquela comissão e começou a promover a “Ordem dos Embaixadores do Rei”, para meninos de 9 a 16 anos. A primeira embaixada foi formada pela sra. W. M. Petway na Primeira Igreja Batista de Goldsboro, Carolina do Norte, com o nome de Embaixada Carey Newton. 

3. Como a Organização ER chegou ao Brasil?

Embaixadores do Rei teve seu início no Brasil em 1948, graças ao pioneirismo do incansável missionário William Alvin Hatton. A organização contou, inicialmente, com o auxílio da União Feminina Missionária Batista do Brasil, passando desde fevereiro de 1950 a ser promovida pela JUERP (Junta de Educação Religiosa e Publicações) da Convenção Batista Brasileira e a partir de 1978 para a UHBB.