Culto Dominical

Em um dia ensolarado, depois de um caloroso bom dia de saudação pelo pastor Carlos Elias, o pastor Adiel Gomes apresentou um pequeno relatório mostrando as fotos do Passeio anual da igreja. O pastor Eli convidou a todos para a Jornada de Oração todos os domingos das 21h às 24h.

Jesus Chorou

A organização Mensageiras do Rei da PIBCG apresentaram o relatório da participação no Congresso com excelentes resultados de conquista de medalhas e troféu.

O prelúdio instrumental que deu início à liturgia do culto foi o solo de violino da irmã Carol Santa Rosa. Com uma oração feita pelo pastor Carlos Elias e a participação da Equipe de Louvor ministrando com o cântico Logo de Manhã e o hino 17 HCC.

Após a Leitura Bíblica uníssona em Lamentações 3.22 e 23 o Diácono Newton Cezar orou ao Senhor em gratidão pela semana de bênçãos.

A irmã Déborah William e o irmão Aílton louvaram ao Senhor com um dos hinos do seu novo CD.

Jesus Chorou

O recitativo bíblico foi lido por toda igreja e logo após a irmã Déborah William (Tani) adorou a Deus mais uma vez com um dos seus hinos.

No momento de intercessão, o pastor Carlos Elias orou para o consolo de três famílias enlutadas de nossa igreja . A diaconisa Elza orou ao Senhor pelas crianças e pelas ofertas e dízimos entregues na Casa do Senhor.

Jesus Chorou

A mensagem da palavra de Deus foi pregada pelo pastor Carlos Elias de acordo com o texto que está em João 11.35: “Jesus chorou.” Uma análise das lágrimas derramadas pelo Mestre. Ainda em Lucas 19.28-41 Jesus chora compulsivamente e declara uma profecia regado de lágrimas. Em Hebreus 5.7 o autor relata o choro de Jesus no Getsêmani, momento de dor e sofrimento do mestre. Foram vários o motivos para o choro de Jesus. Na entrada de Jerusalém, apesar de estar sendo exaltado e glorificado pelo povo, ele viu a miséria da religiosidade e nenhuma espiritualidade neles. Enxergou a rejeição do mesmo povo no momento da crucificação. Viu também a frustração do homem que está distante de Deus.

As lágrimas de Jesus foram de profunda compaixão. Ele sabia que a cidade tinha perdido a grande oportunidade de estar mais perto de Deus. Pastor Carlos encerra a mensagem com leitura do texto Joel 2.12 e faz um apelo pelo arrependimento de pais e filhos que ainda tem seus parentes afastados da casa do Senhor. Muitos responderam ao apelo e chorando se renderam aos pés do Senhor. Após a oração e abençoa apostólica encerrou-se o culto da manhã.

Compartilhe: