O culto celebrado na noite do dia 13 de novembro começou com a chamada à adoração, realizada pela orquestra da Primeira Igreja Batista de Campo Grande. O recitativo bíblico (Sl 57.7) fora levado à igreja, prosseguido pela oração de louvor e gratidão.

Posteriormente, o Coro Aisar se encarregou da mensagem musical e diversos louvores foram entoados ao Senhor. O Pr. Anderson Maciel apresentou o momento de intercessão e a leitura bíblica uníssona (Hb 11.1; Rm 8.25-28). Após, houve a transmissão dos avisos do natal do idoso, pela irmã Vilma, e da programação semanal da igreja (vídeo disponível no site).

O momento de dedicação de vidas e bens antecedeu a mensagem musical levada por Deborah Tanni e, depois, o sermão da noite, levado pelo Pr. Carlos Elias de Souza, teve início.

O tema base era: “Como se aproximar de Deus?” e suscitou reflexões a respeito da vida cristã e da superioridade de Cristo. O Pr. Carlos Elias respondeu de quatro formas ao questionamento proposto, baseado em Hb 10.22:

1. Chegar com o verdadeiro coração diante de Deus é de suma importância para a aproximação. Nada pode ser colocado em oposição à verdade de Deus, já que Ele não se deixa escarnecer. É irrefutável, portanto, que ter um coração sincero apresenta as verdadeiras motivações dos porquês da proximidade com o Pai.

2. Ter certeza inteira da fé. A palavra fé é a chave do versículo e, com isso, é preciso apartar as dúvidas sobre Deus, sem questionar suas decisões. A fé é o alicerce do culto e firme fundamento do cristão (Hb 11.6).

3. Sabendo que quando o sangue de Cristo é aspergido sobre um crente e ele é purificado, é essencial chegar com o coração inteiro na presença de Deus (Ex 24.8/ Hb 9.19-20).

4. Ter os corpos lavados com água pura, sendo ela o perdão do Senhor, que sempre limpa os pecadores.

Ao final do culto, o canto ocasional foi realizado pelo grupo de louvor junto à igreja; a oração final, efetuada pelo Pr. Carlos, marcou o fim de mais um culto e o início de uma nova semana.

Texto: Marllon Carvalho

Compartilhe: