Salvação e Graça

Na manhã de domingo do dia 24 de abril de 2016, após uma breve assembleia de movimento de membros que teve seu início com 2668 membros e terminou com um total de 2676 membros, a Primeira Igreja Batista de Campo Grande entrou em culto com uma oração feita pelo pastor Carlos Elias.

Com o tema “Louvamos-Te, ó Deus… Por Teu Filho Jesus Mandado A Nós: Salvação é Graça” e com a Leitura do Recitativo Bíblico a igreja adorou o Senhor com os hinos Louvamos-Te, ó Deus (09 HCC) e A Deus Demos Glória (228 HCC). No momento de gratidão a orquestra, formado pelos alunos da Escola Livre de Música da PIBCG, apresentou um belo hino instrumental e vários irmãos e amigos estiveram à frente para dar glórias a Deus pela bênçãos recebidas. O Diácono Newton Cezar orou agradecendo ao Senhor pelas vidas e pelos aniversariantes.

No Momento EBD a irmã Adiléa Maiza apresentou um breve relatório da Escola Bíblica Discipuladora e o vencedor do Concurso Literário, irmão José Fonseca de Aguiar com o texto entitulado: Oração.

Logo após do momento de dedicação de vidas e bens, a diaconisa Marta Menezes orou ao senhor e o Coro Infantil iniciou sua apresentação do musical Minha Doce Páscoa, que conta a história de um garoto que não conhecia a verdadeira história da Páscoa e seus amiguinhos o convencem a participar de uma celebração na igreja.

Em seguida, no momento da mensagem, com a leitura do texto bíblico que está em 1Co 5.7 e 8 o pastor Carlos Elias fez um breve resumo da história da Páscoa no Antigo Testamento e no Novo Testamento, onde Cristo é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Jesus, nossa Páscoa, sacrificado por nós.

Enquanto tentarmos com os nossos esforços nos achegarmos a Deus, não conseguiremos. Só o sangue de Jesus pode renovar nossa vida e nos dar a verdadeira salvação. Ao final da mensagem, o pastor Carlos fez um apelo e várias pessoas receberam a Jesus Cristo como único e suficiente Salvador, fruto da obra do Espírito Santo e do esforço das crianças que ensaiaram e se dedicaram para serem instrumento donas mãos de Deus.

Ao final do culto o pastor Carlos Elias orou e impetrou a bênção apostólica.

Texto: Diácono Newton Cezar

Compartilhe: