download“Senhor, Tua graça e Teu amor ainda grandes são e eu prostro-me a Teus pés, porque, Senhor, Tua graça eu sei que está a me envolver”. Com este trecho da música-tema e outras sete canções, três coros da Primeira Igreja Batista de Campo Grande (PIBCG-RJ) se tornarão um, neste domingo (24), quando apresentam o musical Imensa Graça, às 19h.

120 vozes vão congregar os coros Exultação, Jovem Aisar e o de Adolescentes. O musical é composto por Steve Moore e David Clydesdale, traduzido por Charles Ferre e Claudio Verde. De acordo com a ministra de música Angélica Miranda, esse ato de unidade, de ter três coros reunidos, é crucial. “[Existe uma] importância em valorizar e obedecer a própria Palavra de Deus”, diz. Segundo o pastor Hanri Pinheiro, o musical respira integração. “[O musical] vai relevar a característica daquele que foi alcançado pela graça, que é a unidade no Espírito”, constata.

Coordenado pelos regentes Angélica Miranda, Giseli Penido e Hanri Pinheiro, o musical teve seus ensaios iniciados em fevereiro e seu repertório é diversificado. “As oito músicas vão da celebração ao quebrantamento e, por fim, nos remetem ao dia em que estaremos face a face com nosso Deus”, destaca Giseli.

Imensa Graça traz justamente o que o nome já nos sugere. “A mensagem [do musical] é a exposição da graça de Deus, mostrando a nós, pecadores, um amor incondicional: Deus nos amando mesmo antes de sermos chamados Seus filhos, por intermédio de Cristo”, explica Angélica. Além disso, de acordo com Giseli, o musical “traz a mensagem da graça de Deus por nós demonstrada não somente quando tudo está bem, mas, principalmente, quando perdemos algo, quando estamos enfraquecidos. É, exatamente nestes momentos, que nos deparamos com um Deus que nos ama e nos mostra que tudo o que vivemos neste mundo não se compara com a glória de vivermos eternamente com Ele”, frisa.

As temáticas sobre a graça de Deus e o poder de Jesus foram preponderantes na escolha do musical. “Imensa Graça é um musical curador. Durante as canções e os testemunhos que serão contados, a igreja se identificará com as histórias e, tenho certeza, será impactada com o mover de Deus”, assegura Giseli, que já apresentou o musical em outra oportunidade ministerial.

Angélica não imagina quantos estarão presentes na noite do musical. “Pedimos um alvo ao Senhor em nossos corações e desafiamos a cada corista trazer um visitante que ainda não experimentou a graça do Senhor Jesus”, ressalta.

Em tempos em que o Brasil vive um dos mais atribulados momentos da sua história, redobra-se a importância de que a igreja brasileira, hoje mais de um quinto da população, se volte à graça de Deus. “Como Igreja de Cristo, precisamos nos arrepender da inércia em que nos encontramos. (…) Com a crise instaurada em nossa nação, precisamos alertar a todos que somente em Cristo há solução. E, como não sabemos quando isso tudo acabará, precisamos lembrar e falar que a graça de Cristo é experimentada, principalmente, quando as coisas não vão muito bem. E, nesses momentos de conflito, poderemos viver a paz que só Cristo pode nos dar”, sublinha Giseli. Para Angélica, o momento é de dependência. “Estamos num tempo onde Deus tem nos proporcionado a vivermos em dependência e ação dEle”, conclui.

Musical Imensa Graça
Local: Primeira Igreja Batista de Campo Grande (Rua Ferreira Borges, 54).
Horário: 19h.
Entrada franca.

Texto: Victor França

Compartilhe: