Adão

Traia o seu cônjuge e ponha a culpa nele.

Fique reprovado numa prova e ponha a culpa em quem a elaborou.

Coma demasiadamente e ponha a culpa em quem preparou a comida.

Fracasse no seu negocio e ponha a culpa no mercado.

Pressionado, pressione.

Humilhado, humilhe.

Maltratado, maltrate.

Sua cabeça dói? Faça a de outro doer também.

Gritaram com você? Berre sobre o outro. 

Transfira. É da sua natureza. 

Mas você não é obrigado a se submeter comodamente à sua natureza.

Fonte: Prazer da Palavra