Full Banner Concurso

A segunda edição do Concurso Literário, promovido pelo Ministério de Educação Cristã da Primeira Igreja Batista de Campo Grande (MEC/PICCGRJ), já tem seu vencedor. O irmão Maurílio Olandovski escreveu o poema “A Bíblia” e conquistou o prêmio do concurso do mês de abril, um livro.

Para a banca, composta pelos pastores Adiel Gomes e Edson Horst e pelas irmãs representantes do MEC/PIBCGRJ Marvida, Jaqueline e Simone Otaviano, o texto soube expressar o valor e a importância da Palavra de Deus.

Organizadora da iniciativa, Simone acredita que se envolver no concurso é uma oportunidade que deve ser mais aproveitada pelos irmãos. “Participar do concurso traz, primeiramente, o privilégio em usar seu dom e aprimorar seu talento. Também é uma oportunidade de comunhão com os irmãos e de crescimento espiritual e cognitivo e, por último, vejo como uma forma de incentivar a presença na Escola Bíblica Discipuladora”, afirma.

Em março, a primeira edição do Concurso Literário escolheu a oração como tema, em que o irmão José Aguiar venceu com o poema homônimo. Nesse mês, o tema será livre e as inscrições já estão abertas. Para isso, os interessados devem correr, porque o prazo se esgota no dia 21 de maio. Para participar, basta enviar seu texto para ebddirecao@pibcg.rio. E não precisa ser poesia. Pode ser prosa, conto, canção, jogral, acróstico, dissertação ou narração.

Leia na íntegra o poema vencedor da segunda edição, de Maurilio Olandovski, e se inspire para participar.
A BÍBLIA

Onde podem me achar,
Para onde podem me levar,
Qual o sentido de ser,
Porque preciso viver.

Estou contigo ao acordar,
Esperando você me folear,
Fico atenta ao seu olhar,
Esperando o seu tocar.

Uma cômoda a enfeitar,
Na estante a empoeirar,
Numa bolsa posso estar,
Em um carro passear.

Estou aqui para te ajudar,
Os seus passos guiar,
Com minhas palavras te fartar,
O alimento te dar.

Ao seu coração falar,
Sua vida libertar,
Jesus Cristo anunciar,
O mundo transformar.

Mais um dia a findar,
E eu, cansada de te esperar,
Quem sabe amanhã,
Uma atenção possa me dar.

Texto: Victor França

Compartilhe: