O Dilema

Com quem andamos?

Se andamos com pessoas dedicadas a Deus, somos estimulados a viver de modo igualmente dedicado a Deus.

Se andamos com pessoas consagradas ao mundo em que vivem, poderemos ser influenciados pelos seus valores.

Se queremos que mais pessoas se dediquem a Deus, como lhes diremos e mostraremos que há uma vida melhor a ser vivida, se nos afastamos delas? Como nos ouvirão?

Se querem ser ouvidas, as pessoas dedicadas a Deus devem ser dignas de admiração.

São admiráveis as pessoas que sabem ouvir o outro.

São admiráveis as pessoas que enriquecem seus ouvintes quando falam nas situações comuns da vida.

São admiráveis as pessoas que abençoam quando aconselham porque tem palavras cheias de bondade e sabedoria

São admiráveis as pessoas que se mostram agradáveis no trato uns com os outros.

São admiráveis as pessoas que procuram estar em companhia de pessoas dedicadas a Deus, tendo prazer neste convívio, seja para brincar ou orar. Como é boa, por exemplo, uma conversa sobre um texto bíblico desafiador.

São admiráveis as pessoas que não se afastam das que não professam a mesma fé, mas que assim mesmo aprendem com elas e se divertem com elas, sempre com o cuidado de não permitir que seu coração cobice, seu pé tropece e que sua língua se dobre.

Fonte: Prazer da Palavra