Nome Precioso

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo estará sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz” (Isaías 9:6)

 

Desde o nascimento, Jesus Cristo, deixou o mundo inteiro maravilhado. Foi tão especial o seu nascimento que marcou os tempos. Tudo que se faz é Antes ou Depois de Cristo. Para os que o recebem como Salvador, Jesus dá uma vida de paz e alegria “que excede todo entendimento”. Ele está a interceder diante do Pai em favor da salvação do pecador.

Sabemos que os fatos, como narrou o profeta Isaías se cumpriram. Desde os pastores que foram adorá-lo até os magos que vieram do oriente. Através da fé, conhecemos a vida de Jesus, e reconhecemos ser ele o Deus forte que suportou a cruz. Mais que a cruz, suportou a separação do Pai. Nós podemos cantar em alto e bom som que ele ressussitou! Nós, que usufruímos da alegria da salvação, temos que nos apressar a cumprir as ordens de Jesus para que a sua volta não tarde!

Eis que é urgente, pois o Senhor não tarda a voltar. É mister anunciar seu Nome precioso para que se veja toda a terra se calar diante do soberano Senhor: “Mas o Senhor está no seu santo templo; cale-se diante dele toda a terra” (Hb 2.20). Ajoelhe-se com a alma, para que o Senhor possa abençoar a sua posteridade. Só o Senhor é Deus. O que estamos fazendo diante de tantos acontecimentos que prefiguram a volta do Senhor? Será que pertencemos àqueles que esperam por ele e depositam sua confiança em Deus, do mesmo modo que havia pessoas que esperavam a redenção por ocasião da sua primeira vinda? (Lc 2.25, 38).

O que estamos fazendo com nosso tempo, enquanto o Maravilhoso Conselheiro, Deus forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz não volta?

Fonte: Manancial